turismosul.com.br
Home Santa Catarina Rio G do Sul Contato


   Caxias do Sul, um cenário deslumbrante. Na Serra Gaúcha RS.

 

   Aguarde... carregamento do Vídeo

É terra do vinho e uva, com várias vinícolas.

Também fazendo parte dos 'Caminhos da Colônia'.

Integra: 'Estrada do Imigrante'.  Que resgata a história do percurso realizado pelos imigrantes para a Serra Gaúcha.

'Vale Trentino' - Onde percebe-se que os usos e costumes trazidos pelos italianos continuam de geração em geração. 

A cidade de Caxias do Sul é o retrato fiel dos 132 anos de imigração italiana no Rio Grande do Sul.

Bastou pouco mais de um século para que os primeiros imigrantes vindos da Lombardia, Vêneto e Piemonte, e seus descendentes, transformassem a pequena colônia aos fundos de Nova Palmira num dos maiores pólos econômicos do sul do país.

Em 1875, as terras conhecidas por Campo dos Bugres, local de passagem de tropeiros, receberam as primeiras famílias de agricultores imigrantes. Na bagagem, os colonos traziam velhos utensílios, mudas de videiras e muita esperança. Do cultivo da uva e da produção do vinho nasce a promissora colônia de Caxias, logo chamada de Pérola das Colônias.

Nem mesmo o isolamento geográfico do final do século passado impediu o desenvolvimento do núcleo colonial, os imigrantes eram pobres, muitos deles analfabetos, porém dominavam a arte do trabalho.

Sabiam moldar a madeira e o ferro. Logo surgiram as primeiras máquinas, os teares, funilarias, fundições e indústrias.

Em 1910, a estrada de ferro corta a Serra Gaúcha e eleva a Vila Caxias à condição de cidade. O progresso segue o ritmo da locomotiva a vapor e em 1935, já com 35 mil habitantes, a cidade realiza uma pequena exposição de uvas na praça central, dando início a um dos maiores eventos populares do país: a festa da Uva.

Desde então o evento cresceu, projetou o nome de Caxias do Sul no Brasil inteiro.

Ao longo das últimas sete décadas, os desfiles de carros alegóricos da Festa da Uva fascinaram presidentes da República, autoridades estrangeiras e milhares de turistas. A festa marcou época na história brasileira, como a inauguração do Monumento Nacional ao Imigrante pelo presidente Getúlio Vargas, em 1954, a visita do presidente italiano ao país, em 1958, e a realização da primeira transmissão ao vivo da TV em cores brasileira, diretamente do centro de Caxias, em 1972. 

A Festa da Uva mostra também o desenvolvimento da cidade, que hoje se orgulha de produzir desde um simples parafuso até um caminhão fora-de-estrada.

As marcas da imigração, porém, não se restringem à economia. A herança dos italianos está nos monumentos, no dialeto vêneto, nos restaurantes, na arquitetura, nas magníficas obras do pintor Aldo Locatelli. E, por que não, também no cenário, moldado por parreirais, capelas e cascatas que serviriam de ambiente para o filme 0 Quatrilho, indicado para o Oscar de melhor produção estrangeira.

 

HOJE - Hotéis e restaurantes têm perfil executivo, o que pode ser explicado pela quantidade de indústrias instaladas ao redor da cidade. As melhores atrações estão organizadas nos seis Roteiros Turísticos oficiais, que mostram o lado histórico da região – marcado pela colonização italiana. Prepare-se para comer bastante nas galeterias: além do galeto em si, um rodízio de acompanhamentos deixa a mesa cheia. Se quiser curtir a noite, conheça os bares que ficam no Moinho da Estação, no bairro de São Pelegrino.

 

COMO CHEGAR

A partir de Porto Alegre, há duas maneiras de chegar a Caxias do Sul. O trajeto mais longo, de 130 quilômetros, porém, com belas paisagens, é pela BR-116, duplicada até Estância Velha. A partir dali, você percorre 85 quilômetros no trecho de serra, em pista simples e sinuosa.

No roteiro mais rápido, de 128 quilômetros, siga pela BR-116 e, entre São Leopoldo e Novo Hamburgo, vire à esquerda na RS-240 e na RS-122. A estrada segue duplicada até São Vendelino, que tem trecho de serra e pista simples de 21 quilômetros até Farroupilha. De lá, são mais 18 quilômetros em pista dupla até Caxias do Sul.

COMO CIRCULAR

É a maior cidade da Serra Gaúcha, com trânsito intenso no Centro. Como muitas atrações e restaurantes ficam na estrada para Farroupilha, uma boa opção para fugir do tráfego é seguir pela Avenida Perimetral.

 

Fonte: http://viajeaqui.abril.com.br/cidades/br-rs-caxias-do-sul