turismosul.com.br
Home Santa Catarina Rio G do Sul Contato

 
   A Origem do Chimarrão (mate). Tradicionalismo Gaúcho.

Tradicional nos estados do sul do Brasil, a erva-mate cancheada adequadamente moída, misturada e peneirada fornece o mate comercial ou chimarrão, às vezes misturado a outras ervas como anis, carqueja, cidreira e camomila. A erva é colocada em um recipiente chamado CUIA, feito cortando-se a ponta de uma planta chamada PORONGO. Dentro da cuia é colocada água quente e, através da BOMBA - espécie de canudo metálico com uma peneira também metálica numa das extremidades - o mate pode ser apreciado, ou seja, o chimarrão é uma espécie de chá.

Origem

 

A tradição do chimarrão é antiga. Soldados espanhóis aportaram em Cuba, foram ao México "capturar" os conhecimentos das civilizações Maia e Azteca, e em 1536 chegaram à foz do Rio Paraguay. No local, impressionados com a fertilidade da terra às margens do rio, fundaram a primeira cidade da América Latina, Assunción del Paraguay.

Os desbravadores, nômades por natureza, com saudades de casa e longe de suas mulheres, estavam acostumados a grandes "borracheras" - porres memoráveis que muitas vezes duravam a noite toda. No dia seguinte, acordavam com uma ressaca proporcional. Os soldados observaram que tomando o estranho chá de ervas utilizado pelos índios Guarany, o dia seguinte ficava bem melhor e a ressaca sumia por completo. Assim, o chimarrão começou a ser transportado pelo Rio Grande na garupa dos soldados espanhóis.

As margens do Rio Paraguay guardavam uma floresta de taquaras, que eram cortadas pelos soldados na forma de copo. A bomba de chimarrão que se conhece hoje também era feita com um pequeno cano dessas taquaras, com alguns furos na parte inferior e aberta em cima.

Os paraguaios têm por tradição tomar o chimarrão frio... O "tererê" paraguaio pode ser tomado com gelo e limão, ou utilizando suco de laranja e limonada no lugar da água.

Na Argentina e no Uruguai a erva é triturada, ao contrário do Brasil, onde é socada. Nos países do Prata, a erva é mais forte, amarga, recomendada para quem sofre de problemas no fígado.

Lucia Porto jornal Zero Hora

 

A palavra chimarrão tem origens no vocabulário espanhol e português.

 

Do espanhol cimarrón, que significa chucro, bruto, bárbaro, vocábulo empregado em quase toda a América Latina, do México ao Prata, designando os animais domesticados que se tornaram selvagens. "E assim, a palavra chimarrão, foi também empregada pelos colonizadores do Prata, para designar aquela rude e amarga bebida dos nativos, tomada sem nenhum outro ingrediente que lhe suavizasse o gosto."

(Elucidário Crioulo, de Antonio Carlos Machado em História da Erva-Mate, de Barbosa Lessa, 57).

em português, além de outros significados, quer dizer clandestino, e cimarrón, em castelhano, tem idêntico significado. Ora, sabe-se que o comércio de mate e o preparo da erva foram em tempos passados proibidos no Paraguai, o que não impedia, entretanto, que clandestinamente continuasse em largo uso naquela então colônia espanhola.

(Vocabulário Sul-Rio-Grandense, Luís Carlos de Morais, 72, em História da Erva-Mate, de Barbosa Lessa, 57).